Link building é a execução de um processo planejado e estruturado, com intenção de influenciar de forma relevante a reputação de um site de modo a potencializar o aumento da visibilidade do mesmo nos resultados orgânicos dos motores de busca.

Link Building é, quase sempre, um tema controverso. Mais especificamente no que respeita a sua abordagem por profissionais de SEO. Não há dúvida, links estão entre os elementos mais fáceis de manipular. Links (também chamados de referências) podem ser algo muito bom para a visibilidade de um website mas, ao mesmo tempo, podem facilmente se tornar no seu pior pesadelo.

Tal como em SEO, ou praticamente tudo o que está envolvido na estratégia de Marketing Digital, Link Building feito de uma maneira incorreta ou agressiva, tem grandes chances de prejudicar o seu negócio. Isto acentua-se, especificamente, quando o processo é abordado de uma maneira desconectada e sem analogia com o conteúdo do site, diferencial de negócio ou estratégia da marca.

Os motores de busca consideram links como um endossamento, ou votos que definem a importância de um documento na web. Tecnicamente, quantos mais links você tiver, mais importante será o seu site. Porém, quantidade não é sinónimo de qualidade, então um link do meu blog, por exemplo, não terá o mesmo peso que um link do site da NASA. E quanto mais respeitável for a fonte, mais difícil será obter um link.

O que é Reputação?

Reputação, é um dos dois pilares primários que o Google e outros motores de busca usam para determinar a importância de um site. A reputação é um complemento para a relevância. De uma forma simplista, estes dois fatores são responsáveis pela subida ou descida do seu site nos resultados de busca.

Fatores básicos de reputação

Os motores de busca calculam a reputação com base em vários fatores que conseguem extrair de documentos na Internet. Eles utilizam também o texto âncora de um link para inferir alguma relevância nos documentos para os quais estes apontam. Alguns dos sinais que o Google consegue extrair de um link são:

  • Relevância e contexto dos links;
  • Reputação dos sites de onde originam os links;
  • Conteúdo e valor das páginas onde os links estão inseridos;
  • Texto âncora e sua diversidade;

Link Building é manipulação?

A resposta é, depende da maneira como é pensado e executado. Motores de busca como o Google, fazem esforços constantes para combater manipulação, desvalorizando cada vez mais links que apresentam características de manipulação. É muito difícil fazer com que um link artificial passe por um link legítimo. E, para complicar, a maioria dos principais motores de busca detectam manipulação de links com relativa facilidade. Por exemplo, o Google vem fazendo análises sofisticadas de links desde 2001, e nunca lhe irá dizer quais os links que realmente contam de entre todos as referências que apontam para o seu site.

Grande parte das agências e consultorias de SEO e marketing digital abordam link building de uma maneira ortodoxa, e até mesmo desatualizada. É comum encontrar profissionais de SEO, vendendo serviços de assessoria de imprensa ou guest-posting, como fórmula mágica para o sucesso na classificação e ranqueamento de sites. Estes “serviços” incitam a perseguição de manipulação de algoritmos do Google em vez de ajudarem um negócio a longo prazo. Como consequência, muitos profissionais passaram a definir link building como link earning, ou aquisição de links naturais de forma a se distanciarem da conotação negativa do termo link building. Porém, link building permanece como um dos meios mais eficazes para ganhar visibilidade, e um dos alicerces fundamentais em marketing digital.

A importância de uma estratégia de Link Building

Link Building é algo que tem de ser inerente ao seu negócio, não pode ser um “processo forçado”. Links têm que surgir espontaneamente e de um modo natural. A decisão de incluir um link e como referenciar, ou que nomenclatura usar, devem ficar sempre a cargo do autor do link. Um autor que abdica do controle de incluir ou não um link e que âncora ou formato usar, não tem respeito pelo próprio conteúdo que produz. Sites respeitáveis e reputáveis não irão lhe perguntar como você quer o link, ou que âncora você prefere… Nem irão pensar muito sobre a maneira mais vantajosa de incluir um link que irá ajudar o seu site.

O uso de estratégias artificiais ou automatizadas para conseguir links, pode facilmente levar a punições agressivas e fatais para qualquer negócio online.

Conseguir links é essencial para que o seu negócio ganhe reputação. Porém, a capacidade de conquistar essa reputação precisa estar presente no seu diferencial de negócio e posicionamento de marca. A estratégia de como conseguir links começa no seu site; no diferencial do seu produto. Um site precisa possuir “ativos linkáveis” que representem esse diferencial, e que possuam valor agregado. Acima de tudo, para ter sucesso, um “ativo linkável” deve resolver um problema ou necessidade, por mais pequeno que seja.

O que é essencial numa estratégia de link building

De um ponto de vista estratégico, você deseja obter links que seus concorrentes não conseguem copiar facilmente. Para que isso aconteça, você precisa de uma estratégia de angariação de reputação. Alguns sinais que demonstram que você não possui uma estratégia sólida para reputação:

  • Você não entender o que é Link Building. Ou entende apenas como “conseguir plantar links”;
  • Você não tem um planejamento de como conseguir reputação;
  • Você não entende que a estratégia de Link Building depende do “ativo linkável”;
  • Você não envolve os diferentes departamentos da empresa. Deixar Link Building apenas com SEO;
  • O seu site dificulta a disseminação ou partilha de conteúdo. Por exemplo, existem publicações que não deixam copiar um excerto;
  • Você acha que uma tática que inclui links manipulados, vai conseguir parecer natural;
  • Você fica obcecado com o texto âncora dos links, ou características técnicas. Por exemplo, se os links conseguidos têm ou não o atributo “nofollow”

Atalhos e Link Building barato sai caro

Porque uma marca vai querer ficar refém de links artificiais, ou uma PBN? Seria o mesmo que apostar o futuro de um negócio em um único ponto de falha! Quem recorre a esses métodos, não só fica sujeito a todos os caprichos e exigências do proprietário de uma rede de links, como tem que pagar enquanto quiser manter esses links… Como uma vez escrevi, pagar para obter links é o mesmo que pagar para ter amigos. Que na maioria das vezes é sinónimo de pagar para ser penalizado.

Share This