Já teve a sensação de que um site demorava muito mais para abrir no seu celular do que no seu computador? Essa não é uma falsa impressão: pela conexão móvel ser mais instável e naturalmente ter limitações maiores, navegar pelos sites tende a ser um pouco mais demorado do que no computador. Por isso há a tecnologia AMP. 

Hoje em dia, a conexão móvel já é um dos principais meios dos internautas se conectarem à internet. No Brasil, por exemplo, já existem mais smartphones que pessoas. Cerca de 75% da conexão do mundo é feita por dispositivos móveis. Até mesmo as compras online têm migrado dos computadores para os celulares, o chamado mobile commerce, ou apenas m-commerce. 

Diante dessas mudanças no mundo da internet, o Google decidiu investir em uma tecnologia que tornasse mais ágil e prática a navegação por celulares e tablets. 

O que é AMP? 

AMP significa Accelerated Mobile Pages, que pode ser traduzido como Páginas Móveis Aceleradas. O objetivo é autoexplicativo: otimizar e simplificar páginas de site para que carreguem quase automaticamente em dispositivos móveis. 

Apesar da iniciativa ser capitaneada pelo Google, o projeto conta com a participação de diversos editores de conteúdo e empresas de tecnologia. O código é aberto e facilita que qualquer um possa acessar e aplicar as configurações, até contribuindo para melhorá-las no processo. 

Depois de configurada, uma página AMP funciona como uma cópia da original que só será acessada por celulares e aparelhos similares, normalmente com “/amp” ao fim do endereço. Segundo o projeto, é possível aplicar o AMP em homepages, páginas de produtos e páginas de buscas. 

Saia na frente em sua estratégia SEO 

Ter um site mais rápido é interessante e muito útil para facilitar a vida do seu leitor ou do seu cliente, mas essa não é a única utilidade do AMP. Como essa é uma iniciativa do Google com o objetivo de tornar a internet mais acessível em aparelhos móveis, a empresa valoriza sites que possuem a tecnologia quando uma busca é feita por celular. 

As páginas que contam com AMP são marcadas pela sigla, e as que não possuem mostram uma marcação de alerta, para avisar o internauta que a página pode não carregar tão rápido. Ou seja, a própria ferramenta de busca do Google é capaz de discriminar quais páginas vão oferecer uma experiência melhor para o usuário mobile. Isso pode fazer toda a diferença na hora de um clique ou uma venda. 

Sites cadastrados ou que pretendem se cadastrar no Google Notícias estão sendo muito beneficiados por essa tecnologia. O Google Notícias é capaz de renderizar automaticamente artigos em AMP. As notícias também são acessadas com mais rapidez, e, portanto, acabam tendo ranqueamento muito melhor do que notícias de sites que não utilizam o AMP. Faz sentido, já que muitos usuários se informam usando buscas mais pelo celular do que pelo computador. 

Apesar disso, tecnicamente, AMP ainda não é um critério de ranqueamento do Google de forma direta. Então uma página não necessariamente vai rankear melhor apenas por ser AMP. No entanto, velocidade é um dos critérios que o Google leva em consideração.  

Vale lembrar também que, tempos atrás, ter um site responsivo para dispositivos móveis não era um critério, e hoje é. Então existe a expectativa que AMP será uma influência direta nas pesquisas no futuro. “Em um futuro muito próximo”, de acordo com Filippi Leite, CEO da MWD Marketing. 

Resultados 

Investir em páginas mais rápidas com certeza cria uma melhor impressão do seu site para quem está acessando, mas talvez você possa se perguntar se a diferença é tão grande assim.  

Segundo pesquisa realizada pelo próprio Google, uma página que demora até 10 segundos para carregar pode ter um aumento na taxa de rejeição de até 123%. Enquanto isso, reduzir o tempo de carregamento médio para 2,2 segundos no site do Mozilla Firefox fez com que os downloads do navegador aumentassem em 15,4%. 

Apesar de ser uma novidade relativamente recente, o ideal é contar com o serviço de uma empresa de desenvolvimento web ou marketing digital para planejar a implementação do AMP em seu site. Principalmente em sites feitos no Wordpress, é preciso muito cuidado ao aplicar a tecnologia, porque nem todos os temas do universo web são compatíveis. Isso pode quebrar o site e até tirá-lo do ar. 

Nós da MWD Marketing Digital temos obtido uma melhoria de 200% na velocidade dos sites dos nossos clientes em dispositivos móveis. O conteúdo já fica otimizado em sintonia com a programação das páginas, impulsionando os acessos e, potencialmente, as vendas. 

A MWD Marketing é especializada em SEO e AMP. Entre em contato conosco! 

Share This